EU FUI NO SONHU

Eu fui no sonho
No barracao de Waldemar
Eu fui no sonhu
No barracao de Waldemar

Refrao:

Quando cheguei no portao
Vi Besouro Manganga
Protejendo o barracao
Pra maldade nao entrar

Refrao:

A roda de outros tempos
Com violao e berimbau
Calgado ou descalgo
Angola ou Regional

Refrao:

Vadiando na Angola
Vi Noronha e seu Pastinha
Vi Bimba e Mari
Toquando Santa Maria

Refrao:

Eu vi Caribi pintando
Sentado pelo chao
Imortalizando
Momentos do barracao

Refrao:

Na funcao do Barracao
Tinha bamba e sopeiro
E a forma de cantar
Era gritar no terreiro

Refrao:

Logo quando acordei
Tive o berimbau na mao
Toquei e homenagiei
Seu Waldemar da Paixao